16/07/2020 às 20h18min - Atualizada em 16/07/2020 às 20h18min

Pessoas que se recusam a usar máscara têm menor capacidade cognitiva

Optar por seguir normas de distanciamento social pode depender da quantidade de informação que a memória de cada indivíduo consegue reter.

A memória operacional é o processo natural de reter informação no cérebro durante um período breve de tempo - geralmente, por apenas alguns segundos.
 

Segundo os cientistas, esta capacidade é indicadora de várias habilidades do foro mental, tais como inteligência, compreensão e aprendizagem. 

O novo estudo, publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences, analisou a obediência às regras de distanciamento social impostas na fase inicial da pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19. 

Weiwei Zhang, professor associado de psicologia e co-autor da pesquisa, disse: "quão mais elevada é a memória operacional, maior é a tendência para seguir normas associadas ao distanciamento social ou utilização de máscara". 

"Surpreendentemente, esta relação é sustentada mesmo após termos controlado estatisticamente fatores psicológicos e sócio-econômicos, tais como quadros de depressão e ansiedade, traços de personalidade, educação, inteligência e rendimento", afirmou o professor. 

Para efeitos daquele estudo, os pesquisadores questionaram 850 indivíduos norte-americanos entre 15 e 23 de março - as duas primeiras semanas em que os Estados Unidos declararam o estado nacional de emergência devido à Covid-19. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

244721

views

675620

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp