03/07/2020 às 07h21min - Atualizada em 03/07/2020 às 07h21min

Cristãos são atacados durante culto na Costa do Marfim

Os seguidores de Jesus foram hostilizados por não participarem de um sacrifício tradicional da comunidade

PORTAS ABERTAS

Adeptos das religiões tradicionais africanas (ATR, da sigla em inglês) atacaram a igreja Generation of Followers, na aldeia de Kekékré, na Costa do Marfim. Os cristãos locais foram hostilizados durante o culto da manhã. A ação foi uma retaliação pela recusa dos seguidores de Jesus em participar de um sacrifício ritualístico da ATR. Várias pessoas ficaram feridas e receberam cuidado médico, mas a Portas Abertas ainda não recebeu mais informações sobre o ocorrido.

Na Lista Mundial da Perseguição 2020, a Costa do Marfim ficou entre os países em observação, na 70ª posição, com 42 pontos. Isso indica que as divisões étnico-regionais, que também coincidem com divisões religiosas, causaram conflitos no território. Os principais tipos de perseguição são opressão islâmica, paranoia ditatorial, corrupção e crime organizado. Por isso, pessoas que encontraram Jesus e deixam antigas religiões como as tradicionais e o islamismo preferem viver a nova fé em segredo.

A Portas Abertas convida os irmãos e irmãs do Brasil para interceder pelos cristãos ae Costa do Marfim. Principalmente por aqueles que foram atacados. Agradeça ao Senhor pelo testemunho da igreja, pois resistiu à tentação de ceder à pressão do medo. Ore por cura a todos os feridos e que Deus continue a fornecer a coragem necessária no meio da crise. Peça sabedoria divina aos líderes da igreja, para que consigam demonstrar o amor de Cristo tanto aos membros das igrejas, quanto à comunidade ao redor.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

245321

views

677083

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp