30/04/2020 às 04h11min - Atualizada em 30/04/2020 às 04h11min

Estudo aponta Lafaiete em situação crítica para enfrentamento ao coronavírus

Mesmo com as medidas de isolamento social e ações desenvolvidas pela administração municipal para o enfrentamento ao coronavírus o cenário em Conselheiro Lafaiete é preocupante. É o que mostra uma reportagem do jornal Estado de Minas nesta quarta-feira, nesta quarta-feira, 29/04, sobre um estudo realizado pela consultoria Aquila
 

De acordo com o estudo, das 853 cidades do Estado, 230 (cerca de 27%) estão em situação crítica para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. O levantamento se baseia em indicadores sociais, econômicos e de saúde de todos os municípios brasileiros. O estudo aponta as cidades em situação crítica aquelas que, por razões financeiras e infraestruturais, potencialmente sofreriam mais com a Covid-19. Dados do governo federal sobre o sistema de saúde (quantidade de leitos e profissionais de saúde por morador) e as condições econômicas tanto da administração municipal quanto dos habitantes foram levados em consideração para realizar o levantamento.

O objetivo do estudo não é mapear o cenário atual da propagação da doença, mas identificar quais cidades potencialmente sofrerão mais com a pandemia caso não haja interferência do poder público, seja no estabelecimento de medidas rígidas de isolamento social, seja em investimentos no sistema de saúde. Porém, especialistas apontam que o baixo índice de testagem da população torna imprecisa a análise sobre a propagação do vírus nas cidades e com isso, dificulta o estabelecimento de regras sobre o relaxamento do isolamento social.

Dos 87.480 casos suspeitos registrados em Minas Gerais, apenas 8.167 (9,3%) tiveram diagnóstico. Há ainda 79.313 à espera de análise ou resultado. De acordo com o estudo, entre as 10 cidades mais populosas de Minas Gerais que estão em situação crítica com relação ao enfrentamento ao coronavírus, aparece Conselheiro Lafaiete ocupando a terceira posição, atrás apenas de Ribeirão das Neves e Santa Luzia.  

Cidades mineiras mais populosas entre as que estão em situação crítica*

1º Ribeirão das Neves – 334.858 habitantes**

2º Santa Luzia – 219.134 habitantes**

3º Conselheiro Lafaiete – 128.589 habitantes

4º Cataguases – 75.123 habitantes

5º Januária – 67.742 habitantes

6º São Francisco – 56.323 habitantes

7º Bocaiúva – 49.979 habitantes

8º Santos Dumont – 46.487 habitantes

9º Caeté – 44.718 habitantes**

10º Igarapé – 43.045 habitantes**

Hospital de Campanha

Em aproximadamente 15 dias deverá entrar em funcionamento o hospital de campanha que funcionará no Hospital São Camilo. A obra está sendo executada com o apoio da Gerdau que destinou R$ 250 mil com contrapartida do município de R$130 mil.

O hospital de campanha contará com cerca de 60 leitos básicos e há proposta para 10 leitos de UTI.

Fonte sobre o estudo: Jornal Estado de Minas


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

total_visits

views

total_views

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp