26/05/2020 às 09h05min - Atualizada em 26/05/2020 às 09h05min

Em vídeo, Deputado Estadual Cleitinho denuncia Hospital Campanha vazio e fraudes de prefeitos que declararam calamidade pública

Rômulo G. Soares
J15M NEWS
Reprodução / Facebook
Um vídeo que tem circulado nas redes sociais tem causado um burbúrio na internet. Trata-se do Deputado Cleiton Gontijo de Azevedo, mais conhecido como Cleitinho (PPS), de Divinópolis, que apresenta o Hospital de Campanha feito pelo Governo de Minas Gerais, no Expominas em Belo Horizonte. Sua capacidade é de 768 leitos para pacientes do Sistema Único de Saúde, porém, na data da gravação, dia 19 deste mês, não havia ocupação nenhuma da unidade hospitalar. 

O Deputado, ainda, circula por todo o Hospital de Campanha e mostra que está tudo funcionando e, após isso, traz a denúncia. "Eu vou explicar para vocês. Se em alguma cidade estiver faltando leito, traz ele para cá. Como não tem ninguém aqui, é porque essas cidades no interior estão tranquilas. Olha isso aqui", declaoru Cleitinho.

Depois, Cleitinho declara que esse Hospital de Campanha é um dos mais baratos do Brasil, já que veio de iniciativa privada e dispara: "Sabe o que está acontecendo aqui em Minas Gerais? Muitos prefeitos estão pedindo estado de calamidade pública, sabe para quê? Para roubar dinheiro de vocês. Tem cidade que não tem nem caso, para que tem prefeito pedindo estado de calamidade pública?".

E por fim, Cleitinho diz que cada estado tem seu caso. "Aqui, felizmente está tranquilo, não temos que ficar colocando terror em tudo que acontece não. Tem um Hopital de Campanha com quase 800 leitos e, até agora, não precisou de usar".



Explicações do Governador Romeu Zema

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, no programa Pânico na Rádio, o Governador de Minas Gerais, Romeu Zema, comentou sobre o vídeo e esclareceu se era Fake News ou não. "O vídeo é real sim. O que ele apresenta é o nosso Hospital de Campanha, que tem 768 leitos e que custou R$ 5,3 milhões, pelo que tenho conhecimento é o mais barato do Brasil. Lembrando ainda que 80% do valor foi doado pela FIEMG (Fundação das Indústrias de Minas Gerais). Além disso, eu posso afirmar que nós fizemos a compra de 1.047 respiradores que serão entregues agora em junho, julho e agosto, utilizando de um recurso de uma multa aplicada à Vale e a Samarco pelas tragédias de Brumadinho e Mariana. Então estamos preparando Minas, que como você percebeu, não tem ninguém no nosso hospital, para o pior caso ou o que o pior venha a acontecer", declarou o Governador.

 

Coronavírus em Minas Gerais

De acordo com o Informe Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), da última segunda-feira (25), o estado chegou a 230 mortes e quase 7 mil casos confirmados de coronavírus.

Segundo o boletim, são 6.962 casos confirmados, 3.265 em acompanhamento, 3.467 recuperados e 230 óbitos confirmados. 

Veja também: Ouro Branco: Prefeitura anuncia cura clínica de pacientes com coronavírus e intensifica medidas preventivas no município 

 


https://www.facebook.com/damaris.vieira.75/videos/1893443077454861
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

222307

views

615432

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp