19/05/2020 às 06h03min - Atualizada em 19/05/2020 às 06h03min

Comerciantes da região protestam na porta de prefeito por abertura de loja

O prefeito Zelinho foi até a rua para conversar com os manifestantes. Ele tentou argumentar.

JOTA B SILVA
J15M NEWS
Vários Comerciantes da cidade de Congonhas se reuniram na porta da casa do prefeito na manhã desta segunda-feira dia 18 de maio.

O grupo partiu em carreata de posse de cartazes e gritando palavras de ordem com o objetivo de influenciar o líder do poder executivo pela reabertura do comércio congonhense.

Segundo informações o prefeito Zelinho foi ao encontro dos manifestantes para dialogar com os mesmos.
Em resposta ao apelo dos comerciantes ele “argumentou que a situação do fechamento não é apenas na cidade de Congonhas” e que nesse momento o governo precisa agir com responsabilidade. 
 

O chefe do Executivo disse que ia expedir um novo decreto, mais não é possível liberar a reabertura do comércio enquanto o Hospital Bom Jesus, não concluir a fase de implantação de leitos de CTI, para atender os casos de Covid-19.

 
  • Mapa do Coronavírus em Congonhas 

A Secretaria Municipal de Saúde informa que até as 11h desta segunda-feira, 18 de maio, dois casos de Covid-19 haviam sido confirmados em Congonhas.

Atualmente foram notificados 719 casos prováveis de infecção pelo coronavírus. Esse número se refere às pessoas que procuraram o call center ou os serviços de saúde com sintomas de febre e/ou qualquer sintoma respiratório.

Estão sendo monitorados 107 casos da doença, descartados 528, baseado em critério clínico ou encerramento do período de monitoramento, 84 foram descartados por meio de resultado de exame negativo, um óbito foi descartado e nenhum está em investigação.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

222427

views

615797

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp