14/09/2021 às 06h49min - Atualizada em 14/09/2021 às 06h49min

Incêndio que destruiu residência em Conselheiro Lafaiete foi causado por negligência

Segundo informações autor do incêndio colocou fogo em um sofá, em um lote vago e fogo se alastrou atigindo a residência vizinha.

REDAÇÃO
J15MNEWS
Um Incêndio ocorrido no dia (13)  que atingiu  uma residência na rua Celso Raciope, no bairro Queluz, em Lafaiete teria começado quando o autor colocou fogo em um sofá, em um lote vago, na rua Monte Castelo.

De acordo com informações exclusivas obtidas pela reportagem do J15M, um militar informou que viu o autor M.F.R.C, retirando um sofá de uma caçamba, em frente ao nº 68 da rua Monte Castelo e levado em três viagens em direção ao um lote vago na mesma rua, na sequência jogando álcool com a intenção de colocar fogo no entulho.

Antes de ascender, ele foi alertado pelo militar que testemunhou a ação, que o fogo poderia se espalhar causando um incêndio de grandes proporções. Mesmo assim M.F.R.C, ignorou o alerta do militar, alegando que conseguiria controlar o fogo. Momentos após acender o autor afirma que não conseguiu controlar o incêndio, e se dirigiu a sua residência e entrou em contato com o Corpo de Bombeiros.

 
Leia também : Incêndio de grandes proporções atinge residência na Rua Celso Raciope, em Lafaiete.

Imediatamente a casa de três andares, que faz divisa com o lote, foi atingida pelo fogo, o segundo e terceiro andares foram destruídos pelas chamas. A cozinha que fica localizada no primeiro andar, corre risco de desabamento, devido a uma explosão de gás de cozinha. Diante dos fatos relatados pelas testemunhas, foi dada voz de prisão em flagrante para o autor M.F.R.C, que foi imediatamente encaminhado para a Delegacia de Polícia.
 
Resgate de animais domésticos e silvestres:

Durante os trabalhos de combate às chamas, o Corpo de Bombeiros, fez o resgate de três cachorros no interior da residência. Além dos animais domésticos, foram resgatados do interior da residência, diversas aves, sendo que duas pertencentes a fauna silvestre e também um jabuti. 

Os dois pássaros Papa-Capins, foram entregues e ficaram sobre os cuidados da polícia ambiental. Já o Jabuti foi levado para a clínica veterinária São Francisco, onde está recebendo os devidos cuidados.

O proprietário  da residência incendiada recebeu voz de prisão  pela prática de crime ambiental.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

222427

views

615797

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp