09/09/2021 às 06h31min - Atualizada em 09/09/2021 às 06h31min

Anvisa tem página hackeada com bandeira da Argentina

O incidente ocorre após decisão da agência de interromper jogo de futebol pelas Eliminatórias da Copa do Mundo no último domingo (5) entre Brasil e Argentina

REDAÇÃO
FOLHAPRESS

Uma página do site da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) foi hackeada nesta quarta-feira (8). O alvo foi a seção em que consta o formulário de Declaração de Saúde do Viajante.

 

O incidente ocorre após decisão da agência de interromper jogo de futebol pelas Eliminatórias da Copa do Mundo no último domingo (5) entre Brasil e Argentina.

O formulário que sofreu o ataque é obrigatório para todos, brasileiros ou não, que pretendem ingressar no país -e foi preenchido com informações falsas por quatro atletas argentinos, que ocultaram sua passagem pelo Reino Unido nos últimos 14 dias.

Ao clicar na página (formulario.anvisa.gov.br), aparece uma bandeira da Argentina com a seguinte frase: "não ficamos de quarenta (sic) para passear pelos seus servidores. vamos ser expulsos também?". A Anvisa tirou a página do ar após contato da reportagem.

À reportagem, a Anvisa afirma que irá acionar a Polícia Federal. "Diante dessa ação criminosa, a Anvisa está acionando de imediato a Polícia Federal e adotando medidas técnicas para buscar a recomposição do sistema". A agência diz ainda que publicará, ainda nesta quarta (8), instruções para quem precisa do formulário para viajar.

O duelo entre Brasil e Argentina foi interrompido aos 6 minutos do primeiro tempo, depois que agentes da Anvisa entraram em campo para ordenar a retirada de quatro atletas argentinos que teriam descumprido normas sanitárias de quarentena ao entrarem no país.

Segundo a agência, os quatro atletas deram informações falsas e ocultaram que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias. Por regras sanitárias de enfrentamento da Covid, eles não poderiam ter entrado no Brasil, para evitar a disseminação de variantes do novo coronavírus.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

231567

views

640973

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp