14/05/2020 às 23h00min - Atualizada em 14/05/2020 às 23h00min

INSS libera cadastro para pagamento de aposentadoria em conta-corrente

De acordo com o instituto, cerca de 12,4 milhões de beneficiários recebem do INSS por meio de cartão magnético

FOLHA
- O INSS liberou a troca de pagamento do benefício do cartão magnético para a conta-corrente na última terça-feira (12). O serviço estará disponível pelo Meu INSS, site ou aplicativo, enquanto durar a situação de risco à saúde pública decorrente da pandemia do novo coronavírus.
 

O atendimento será realizado a distância, dispensando o segurado de comparecer a uma agência do INSS, a não ser quando solicitado para eventual comprovação de informações.

De acordo com o instituto, cerca de 12,4 milhões de beneficiários recebem do INSS por meio de cartão magnético. Desse total, 6,3 milhões são aposentados.A autorização para a mudança na forma de pagamento foi publicada, em 29 de abril, em portaria no no Diário Oficial da União.

Segundo a portaria, para que ocorra a transferência, será feito o bloqueio do benefício que, porventura, não tenha sido sacado. O INSS afirma que esse crédito será reemitido para a conta-corrente indicada pelo segurado.

A conta-corrente tem de estar em nome do titular do benefício e ser de um dos bancos autorizados pelo INSS. Para contas conjuntas, o pagamento só será possível quando o titular ou o representante legal são titulares da conta.

O requerimento da transferência poderá ser feito enquanto durar a pandemia, e o segurado que mudar de ideia poderá fazer um novo requerimento para voltar a receber pelo cartão magnético. O novo pedido também será feito pelo Meu INSS.

A medida visa evitar que aposentados tenham que ir a uma agência bancária durante a pandemia do novo coronavírus apenas para sacar o benefício do INSS.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

total_visits

views

total_views

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp