14/05/2020 às 05h43min - Atualizada em 14/05/2020 às 05h43min

Vereador critica atuação do comitê de enfrentamento e acredita que Lafaiete tenha em torno de 300 casos de contaminação por coronavírus

JOTA B SILVA
FATO REAL
 Os vereadores Sandro José,  Chico Paulo, Darcy da Barreira, cujas ausências vinham sendo justificadas pela impossibilidade de comparecimento por pertencerem a grupos de risco de contaminação pelo novo coronavírus, participaram da reunião das próprias residências por meio de videoconferência.
 

Ao fazer uso da “Palavra Franca”, Sandro José fez questão de salientar que os vereadores continuaram trabalhando normalmente. Em seguida, dedicou o restante do pronunciamento a analisar o agravamento do quadro do novo coronavírus em Lafaiete e criticou as medidas adotadas pelo Município no combate à COVID-19: “Ao invés de fazer um hospital de campanha de baixa e média complexidade, o Executivo está preocupado somente em fazer o hospital com CTI. O ministro da Saúde já disse que, se se conseguir conter a contaminação na baixa e na média complexidade, muito provavelmente diminuirá o número de mortes por falta de CTI. Alerto o Executivo de que, além de se preocupar em concluir CTIs e UTIs, é preciso criar espaços para os pacientes intermediários”.

Policlínica Municipal  

O vereador observou que o medo do contágio pelo novo coronavírus diminuiu consideravelmente o movimento na policlínica municipal.  Diante de tal constatação, Sandro José perguntou se estaria ocorrendo um afluxo desnecessário à policlínica antes da pandemia e onde os doentes acometidos por outras patologias estarão buscando atendimento, já que existem diversos postos de saúde sem médicos de plantão.

O vereador Sandro José ainda mencionou o enorme desconforto causado pela falta de informações à comunidade sobre a atuação do Comitê Extraordinário de Enfrentamento à COVID-19, e sem citar nomes flaou em vaidade dentro do comitê.

Sandro José acredita que o número de infectados pelo novo coronavírus seja muito maior que o divulgado até agora: “É uma coisa muito complexa que não pode ficar travada dentro de um comitê que não faz reunião; a gente não tem notícia sobre o que o comitê está fazendo. Me desculpem, mas falar que Lafaiete tem somente cerca de 20 casos confirmados é hipocrisia. Temos muito mais do que isso, mas Lafaiete está mandando as pessoas embora para casa sem fazer testes, apenas as aconselhando ao recolhimento e confinamento. Não temos a certeza se aquelas pessoas que ficaram em casa por 14 dias estavam ou não contaminadas. Há ainda outras pessoas que estiveram em contato com os pacientes em confinamento e não foram monitoradas nesse período. É muito provável que Lafaiete esteja próxima de 300 a 350 casos do novo


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

222307

views

615432

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp