29/06/2021 às 07h17min - Atualizada em 29/06/2021 às 07h17min

Estado anuncia concurso para o Corpo de Bombeiros

Corporação abre quase 200 vagas para os cursos de formação de soldados e de oficiais

REDAÇÃO
AGÊNCIA MG
O governador Romeu Zema acaba de fazer um anúncio esperado por muitos que sonham com a carreira militar: foi autorizado oficialmente, na tarde deste segunda-feira (28/6), novo concurso para o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG).

O novo concurso contempla 145 vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSd) e 21 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), sendo 10% destinadas ao público feminino. 

As remunerações iniciais vão de R$4 mil reais (CFSd) a mais de R$ 9 mil reais (CFO), após formação.

A publicação do edital referente ao concurso, provas (objetiva e de redação) e demais etapas está prevista para agosto. A previsão é de que as provas objetiva e de redação sejam realizadas ainda este ano.  

Quem pode concorrer

Tanto as vagas para CFSd quanto as de CFO exigem como escolaridade mínima o ensino médio completo. Os candidatos de ambos os sexos devem ter entre 18 e 30 anos e possuir altura igual ou superior a 1,60 metros.

O concurso do CBMMG prevê mais quatro etapas após as provas objetiva e de redação: exames médicos preliminares e complementares,  avaliação psicológica, teste de capacitação física e exame toxicológico. 

A partir do ingresso na corporação, o candidato passa por curso de formação, sendo o de oficiais reconhecido como curso superior. 

O último concurso para Curso de Formação de Soldados (CFSd) disponibilizou 500 vagas, foi realizado em 2020 e tem previsão de formatura ainda este semestre.
Também no ano passado, o último Curso de Formação de Oficiais (CFO) contemplou 30 vagas e ainda está em processo de conclusão.   

Novas informações serão divulgadas no portal do CBMMG e demais canais oficiais do CBMMG.  
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

total_visits

views

total_views

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp