10/06/2021 às 06h59min - Atualizada em 10/06/2021 às 06h59min

Minas Gerais passa de 5 milhões de vacinados com ao menos uma dose contra a Covid

Até o momento, 1.633.388 mineiros já foram confirmados com Covid-19, dos quais 41.720 morreram. Ao todo, 5.193.899 moradores do estado receberam uma dose de vacina, e 2.462.245 já ganharam as duas doses.

REDAÇÃO
G1
 
Pouco mais de 4 meses e meio desde que a primeira pessoa foi vacinada contra a Covid-19 em Minas Gerais, o estado ultrapassou, nesta terça-feira (8), a marca de 5 milhões de mineiros que receberam a primeira dose de esperança no período.

Foram exatamente 5.193.899 pessoas vacinadas em Minas até o momento, segundo o boletim epidemiológico do governo estadual.
Com a segunda dose, que garante imunidade completa, foram 2.462.245 pessoas até o momento.
 
Apesar de serem números significativos, ainda há muito a avançar. Isso porque a quantidade de pessoas que já receberam uma dose equivale a 68,57% da população já autorizada a vacinar pelo Ministério da Saúde, e a apenas 23,97% da população total do estado.



No caso da segunda dose, o percentual cai para 32,14% da população nos grupos prioritários e 11,24% da população mineira.
Além disso, a distribuição geográfica da imunização está bastante desigual no estado. Segundo este mapa do vacinômetro do governo, as regiões central do estado, Sul e Zona da Mata são as que já vacinaram mais pessoas com as duas doses:


Este outro gráfico mostra que, em alguns grupos prioritários, a vacinação já alcançou quase a totalidade do público-alvo -- como as pessoas de 70 a 79 anos e os trabalhadores de saúde --, enquanto, em outros, a campanha ainda está incipiente, como entre as pessoas com comorbidade:
 

Números da pandemia

 

Até o momento, Minas Gerais já teve 1.633.388 pessoas com teste positivo para a Covid-19, sendo que 9.444 delas foram notificadas ao estado somente nas últimas 24 horas.




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

total_visits

views

total_views

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp