07/05/2020 às 06h19min - Atualizada em 07/05/2020 às 06h19min

Conheça o perfil dos pacientes infectados pelo coronavírus em Lafaiete

LAFAIETE AGORA

A Prefeitura de Conselheiro Lafaiete através da Secretaria Municipal de Saúde traçou o perfil dos pacientes infectados com o coronavírus no município. Ao todo são 18 casos de Covid-19 confirmados na cidade, sendo 10 homens e 08 mulheres.

Dos pacientes positivos, apenas um está internado na UTI do Hospital e Maternidade São José e se trata do senhor de 87 anos que foi o primeiro caso de coronavírus diagnosticado em Conselheiro Lafaiete. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o quadro de saúde do paciente é estável.

Sobre o perfil dos pacientes contaminados com a Covid-19 em Lafaiete:

  • 06 casos: Pacientes com idade entre 20 a 29 anos;
  • 01 caso: Pacientes com idade entre 30 a 39 anos;
  • 01 casos: Pacientes com idade entre 40 e 49 anos;
  • 05 casos: Pacientes com idade entre 50 a 59 anos;
  • 05 casos: Pacientes com idade acima dos 60 anos.

Contaminação comunitária

Em 20 de março o ministro da saúde declarou o reconhecimento da transmissão comunitária em todo o território nacional. Este tipo de propagação é caracterizado no momento em que não é mais possível identificar a origem da contaminação de uma pessoa. Dos 18 casos confirmados em Conselheiro Lafaiete, 16 são assintomáticas o que reforça a suspeita de contaminação comunitária.

Testes realizados no município

Até o momento, todos os 89 testes moleculares de Covid-19 também chamados de teste PCR foram realizados na Fundação Ezequiel Dias (FUNED), em Belo Horizonte, laboratório de referência do estado na rede pública. Dos 18 casos confirmados, quatro foram realizados na rede pública e os outros 14 na rede privada.

Por que não falam das pessoas curadas?

A nomenclatura que vem sendo utilizada pelo Ministério da Saúde é casos recuperados que são os casos confirmados de coronavírus que receberam alta hospitalar ou os pacientes que sem terem precisado de internação, não apresentam mais sintomas. Então para divulgar os casos recuperados é necessário monitorá-los por 14 dias. Sendo assim, atualmente Conselheiro Lafaiete tem 11 pacientes recuperados da Covid-19.

Qual o critério usado para que as pessoas sejam colocadas em monitoramento? Elas fazem teste já que estão sob suspeita?

De acordo com a atualização técnica ao Protocolo de Infecção Humana pela SARS-COV-2 N° 03/2020 – 03/04/2020 um caso é definido como suspeito quando: Definição 1 – Síndrome Gripal.

Síndrome Gripal: indivíduo com quadro respiratório agudo, caracterizado por sensação febril ou febre, mesmo que relatada, acompanhada de tosse ou dor de garganta ou coriza ou dificuldade respiratória. Em crianças (com idade menor de 2 anos): considera-se também obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico. Em Idosos: a febre pode estar ausente. Deve-se considerar também critérios específicos de agravamento como: sincope, confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e inapetência.

Definição 2 – Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): indivíduo com síndrome gripal que apresente: dispneia/desconforto respiratório ou pressão persistente no tórax ou saturação de O2 < 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto (cianose). Em crianças: além dos itens anteriores, observar os batimentos de asa do nariz, cianose, tiragem intercostal, desidratação e inapetência.

A mesma Atualização Técnica define quais os casos indicados para coleta de amostra (PCR), a saber: todos os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) hospitalizados, profissionais de saúde sintomáticos (neste caso, se possível, priorizar  teste rápido e profissionais da assistência direta); todos os óbitos suspeitos, e em casos de surto de Síndrome Gripal em locais fechados (ex.: asilos, unidades prisionais etc).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

224422

views

621497

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp