05/05/2020 às 06h04min - Atualizada em 05/05/2020 às 06h04min

Reabertura do comércio de Lafaiete estaria dependendo da ampliação de leitos para pacientes com coronavírus

LAFAIETE AGORA
Na semana do Dia das Mães boa parte do comércio de Conselheiro Lafaiete continua fechado desde o dia 21/03 por conta da pandemia do coronavírus, atendendo ao Decreto Municipal. Entidades que representam o comércio lafaietense vêm discutindo com a administração municipal uma forma responsável de retornar às atividades e evitar mais prejuízos e até mesmo demissões.

Havia a expectativa de que as lojas voltassem a funcionar nesta segunda-feira, 04/05 o que foi descartado pelo prefeito Mário Marcus (DEM) na quinta-feira, 30/04, ao anunciar o aumento do número de casos de Covid-19 na cidade. Naquele dia o número de casos de coronavírus registrados em Conselheiro Lafaiete era 14 e nesta segunda o número subiu para 19.

 

Em nota divulgada pelo Sindicomércio e a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Conselheiro Lafaiete (CDL-CL) nesta segunda-feira, as entidades afirmam ter apresentado ao prefeito Mário Marcus um plano de reabertura levando em conta as medidas de proteção a Covid-19, baseado no programa “Minas Consciente”, do Governo do Estado.

Segundo as entidades, não houve a resposta positiva esperada que estaria dependendo de ampliação na rede de assistência, diante das recomendações do Ministério Público Estadual.  Atualmente o município só dispõe de 10 leitos de UTI para atender a população, segundo o prefeito Mário Marcus. Ainda de acordo com o prefeito, os leitos não são exclusivos para atender pacientes infectados por coronavírus.

Está sendo aguardada para os próximos dias a abertura do hospital de campanha que funcionará no prédio do Hospital São Camilo. A previsão que é o hospital de campanha tenha cerca de 60 leitos básicos e há proposta para 10 leitos de UTI.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

total_visits

views

total_views

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp