17/12/2020 às 05h56min - Atualizada em 17/12/2020 às 05h56min

Governo diz que apenas quem tomar vacina da Pfizer terá que assinar termo de consentimento

Governo diz que apenas quem tomar vacina da Pfizer terá que assinar termo de consentimento

REDAÇÃO
FOLHAPRESS
O Ministério da Saúde informou a governadores, em reunião na tarde desta quarta-feira (16), que apenas quem tomar a vacina da Pfizer terá que assinar o termo de consentimento, isentando o governo de responsabilidade por complicações do imunizante.
 

A fabricante incluiu a exigência no contrato que assinou com o governo brasileiro. Segundo o ministério informou aos governadores, o laboratório requisitou a mesma cláusula de todos os países que estão comprando a sua vacina.


Governadores afirmam que saíram da reunião, realizada com o secretário especial Airton Cascavel, com o entendimento de que o governo vai replicar a exigência a quem for vacinado com o imunizante no Brasil.


Presente à reunião, Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou que a Pfizer deverá ser a única que pedirá registro emergencial na Anvisa, as demais entrarão com o processo regular de validação, segundo a previsão do Ministério da Saúde.


Na avaliação de Caiado, o termo não deve afugentar potenciais interessados pois ela poderá ser direcionada a profissionais de saúde, mais acostumados com estes termos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

231567

views

640973

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp