15/12/2020 às 21h50min - Atualizada em 15/12/2020 às 21h50min

Brasil volta a registrar mais de 900 mortes por covid-19 em um dia

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, foram registrados 915 novos óbitos nas últimas 24 horas e 44.849 casos.

REDAÇÃO
MN
A média móvel de mortes por covid-19, que registra as oscilações dos últimos sete dias e elimina distorções entre um número alto de meio de semana e baixo de fim de semana, ficou em 667 nesta terça-feira, 15. Segundo o consórcio de veículos de imprensa, foram registrados 915 novos óbitos nas últimas 24 horas e 44.849 casos.

No total são 182.854 mortes registradas e 6.974.258 pessoas contaminadas no Brasil, segundo o balanço mais recente do consórcio formado por Estadão, G1O GloboExtraFolha e UOL em parceria com 27 secretarias estaduais de Saúde. Os dados foram divulgados às 20h.

O Estado de São Paulo, que apresenta os maiores números absolutos do País, superou a marca de 15 mil óbitos e chegou a 450.268 casos confirmados do novo coronavírus. De acordo com balanço da Secretaria Estadual da Saúde, 6.067.862 pessoas se recuperaram da doença.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 65,8% na Grande São Paulo e 60,2% no Estado. O número de pacientes internados é de 11.204, sendo 6.345 em enfermaria e 4.859 em unidades de terapia intensiva.

Consórcio dos veículos de imprensa

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal. A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, mas foi mantida após os registros governamentais continuarem a ser divulgados.

Nesta terça-feira, o Ministério da Saúde informou que foram registrados 42.889 novos casos e mais 964 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas. No total, segundo a pasta, são 6.970.034 pessoas infectadas e 182.799 óbitos. Os números são diferentes do compilado pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.



 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

231567

views

640973

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp