09/09/2020 às 07h18min - Atualizada em 09/09/2020 às 07h18min

CULPADO: Vereador Charles mancha sua reputação recebendo salários indevidos.

JOTA B SILVA
J15M NEWS
 
O processo disciplinar que investigava o vereador Charles Gomes, de ter cometido os crimes de falsidade ideológica e acumulo de cargo público indevidamente  chegou ao fim.

Após intenso trabalho da comissão de ética, compostas pelos vereadores Nilma Aparecida da Silva (PT), Carlos Roberto Pereira (PSDB) e Edson Miguel de Paula (PSL), conclui-se que; Charles Gomes é realmente culpado dos crimes citados.

O parecer final e unânime das investigações, foi apresentado ontem dia 08/09 no plenário da câmara municipal, pela vereadora “Nilma Aparecida da Silva, presidente da comissão’’.

Sobre  perda de mandato:


Diante de todos os fatos apurados; Charles Gomes, não poderia sofrer perda de mandado, pois os crimes citados foram praticados posteriormente ao seu ingresso ao cargo de legislador do município.

Sobre os valores a ser devolvidos:


 

 Em seu pronunciamento;a vereadora Nilma explicou que sobre os fatos , á  Câmara não tem competência para julgar, pois a mesma não é pessoa jurídica, é apenas uma representação judiciária. Portanto, compete ao município, ou seja, a prefeitura, através do Procurador Municipal, abrir uma representação judicial cobrando o estorno dos valores recebidos indevidamente



De acordo com as investigações, Charles Gomes, usou mais de três vezes o mesmo certificado para assumir função pública, de maneira que aos olhos da comissão, ele consciente e deliberadamente fraudou, documentos e recebeu salários indevidamente por anos.

No entanto; a comissão passa para o Governo Executivo o dever de requerer de Charles Gomes, todos os valores recebidos indevidamente. O prefeito Hélio Campos ainda não se manifestou sobre os fatos.  

Veja  o parecer final:


  

Leia na íntegra os parecer final do processo: 

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

222427

views

615797

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.7%
63.3%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp