29/07/2020 às 07h20min - Atualizada em 29/07/2020 às 07h20min

Crise financeira na empresa de transporte (Viação Presidente) pode deixar população de Conselheiro Lafaiete sem serviços de transporte coletivo.

Prefeito Mário Marcos esta em reunião agora com Luiz Carlos Presidente da empresa

JOTA B SILVA
J15M NEWS
A informação foi repassada em rede social nesta quarta-feira dia 29/7 pelos próprios motoristas da Viação Presidente que anunciam uma possível greve do setor em protesto contra o atraso de salário.
De acordo com informações a empresa Viação Presidente já vinha demostrando problemas financeiros que foram agravando com a chegada da pandemia.

Em audiência realizada na câmara municipal no mês passado, o presidente da empresa  Luiz Carlos  disse que está  operando  com 30% do número de passageiros e faturamento médio mensal caiu de R$1,5 milhão para em torno de R$650 mil.

Em tom dramático, Luiz Carlos comentou que pediu a supermercado a compra adiantada de passe para efetuar a compra de óleo diesel. Na época ele disse que a  empresa estaria inadimplente em cerca de R$900 mil com diversos fornecedores. “Se não fosse esse adiantamento, não teria como abastecer os ônibus”, desabafou.

Atualmente a empresa está em atraso com o pagamento dos funcionários referente ao mês de junho. E de acordo com as informações ela também não quitou o adiantamento de 40% da folha de julho que deveria ter sido feito neste mês.

No dia 7 de junho a presidência da empresa disse que uma das alternativas para se evitar um colapso no  futuro  seria a isenção do ISS a isenção do ISSQN por um período de 12 meses, a contar de 01/03/2020, ou outra alternativa que possa auxiliar a empresa nos compromissos básicos. Luiz Carlos reclamou da morosidade da prefeitura em atender o pedido da empresa e pediu apoio aos vereadores de Lafaiete.segundo ele  diversas cidades já fizeram isso”, justificou, citando, por exemplo, Itabirito.

A Viação Presidente negou que a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete esteja devendo a empresa o pagamento referente aos vales transportes do funcionalismo das Secretarias de Saúde e da Educação mais reclamou da morosidade do governo.

De acordo com informações, agora pela manhã uma reunião esta acontecendo  entre  prefeito e a direção da empresa Viação Presidente. O objetivo é encontrar uma  solução que impeça a paralisação dos serviços de transporte coletivos da cidade.  

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

245321

views

677083

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp