23/07/2020 às 11h45min - Atualizada em 23/07/2020 às 11h45min

Chamado de 'tirano' por juiz, Kalil afirma que apenas cumpriu dever estabelecido pelo STF

O DIA

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou que ter sido chamado de 'tirano' pelo juiz que determinou a reabertura dos bares e restaurantes em BH, nessa segunda-feira (20), foi uma agressão gratuita e que ele apenas cumpriu o dever dele como mandatário do município.

A declaração do juiz Wauner Batista Ferreira Machado, da 3ª Vara da Fazenda de Belo Horizonte, referiu-se ao fato de Kalil ter decretado o fechamento dos bares e restaurantes na cidade durante a pandemia.

 

Em resposta, Kalil afirmou, nesta terça-feira (21), durante entrevista à TV Globo Minas, que apenas cumpriu o dever dele, definido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), de que os prefeitos são responsáveis por gerenciar a pandemia nas cidades.

"Então, como eu estou exercendo a tirania? Eu queria que quem tivesse mandando aqui fosse o presidente [da República], mandando as ordens. Não quero esse desgaste para mim, não. Mas, eu fui eleito para proteger a população", declarou.

Segundo Kalil, as posturas adotadas em BH não são diferentes das utilizadas em cidades como São Paulo, Milão, Nova York ou Paris. "São todos tiranos? Eu não inventei nada de novo. Nós só fizemos com seriedade e com rigidez de fiscalização", disse.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
visitas

244721

views

675620

A pandemia de covid-19 colocou o mundo diante de um dilema: com o número de casos explodindo e um estoque limitado de doses de vacinas, quem deve ser imunizado primeiro?

36.6%
63.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp